Altair Silva cobra revitalização da SC-283

A caótica situação da SC-283 foi novamente apresentada e cobrada pelo deputado Altair Silva na tribuna da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (30), principalmente no trecho entre Riqueza e Mondaí. O aclive acentuado entre os municípios, com as chuvas desta semana, obrigou a prefeitura novamente a colocar máquinas na pista para rebocar caminhões. “O caso é frequente, em dias de chuva a prefeitura coloca uma patrola, porque os caminhões não conseguem subir”, comentou Altair.

A situação no local fica mais grave quando os demais motoristas são obrigados a ultrapassar pelo lado contrário da pista, gerando insegurança para quem trafega pela via.  Durante o pronunciamento na ALESC, Altair apresentou um vídeo, demostrando a situação, que foi encaminhado ao gabinete pelo vice-prefeito do município, Leandro Alba, e pelos vereadores. “Mesmo asfaltado, esse trecho de 250 metros da rodovia, apresenta problemas aos caminhoneiros. Junto com as nossas lideranças queremos resolver o impasse”, frisou Altair.


No pronunciamento, o coordenador da Frente Parlamentar em Defesa das Rodovias do Grande Oeste, ressaltou que as más condições de trafegabilidade e segurança da via trazem graves problemas, que são agravados devido a inexistência de acostamentos, sinalização adequada, terceiras faixas e até mesmo de pavimentação, como é no caso dos 50 km entre Mondaí e Itapiranga, a chamada rodovia da Beira Rio. “Realizamos em setembro duas audiências públicas, uma em Mondaí e outra em Concórdia para discutir o assunto. Ela é uma das vias mais importantes da região, e o espaço onde mais tem agroindústrias estabelecidas. Como grandes produtores de aves, suínos, leite e grãos, a rodovia é muito importante para o escoamento da produção regional”, comentou Altair.


O Secretário de Estado da Infraestrutura, Carlos Hassler, já visitou o Oeste Catarinense para acompanhar de perto a situação das rodovias e percorreu a SC-283, que inicia em Concórdia e finaliza em Itapiranga. O Secretário da Casa Civil, Douglas Borba, afirmou que o Governo do Estado está ciente da situação e que está estudando formas de alocar recursos para melhoria da via.  


A SC-283

Construída nos anos de 1980, a rodovia tem 233 quilômetros ligando Concórdia a Itapiranga, mas nunca foi recuperada, apenas recebeu operações tapa-buraco de forma paliativa. A via passa por Arabutã, Itá, Seara, Arvoredo, Chapecó, Guatambu, Planalto Alegre, Águas de Chapecó, São Carlos, Palmitos, Caibi, Riqueza e Mondaí.

© Copyright 2018  |  Altair Silva  |  Deputado Estadual

Imagens Meramente Ilustrativas