Altair Silva participa do Campo Demonstrativo Alfa em Chapecó

Evento reúne mais de 15 mil pessoas até quinta-feira (24)


CDA Alfa 2019 abriu as portas nessa terça-feira (22)
CDA Alfa 2019 abriu as portas nessa terça-feira (22)

Mais de 15 mil pessoas entre associados, clientes, autoridades e comunidade em geral, devem passar até a próxima quinta-feira (24) no Campo Demonstrativo Alfa (CDA) 2019 em Chapecó. O evento que neste ano tem como tema “Quem conhece, se reinventa”, iniciou nesta terça-feira (22) trazendo novidades e alternativas de serviços, produtos, máquinas e equipamentos do setor agrícola.

Romeo Bet destacou a importância do agricultor para a economia brasileira

A solenidade de abertura iniciou às 11h e durou aproximadamente uma hora. O presidente da entidade, Romeo Bet, em seu pronunciamento, afirmou que foi através dos agricultores e do agronegócio que o país foi sustentado nos últimos anos. “Devemos nos sentir felizes por contribuir com o desenvolvimento do Brasil. Como seria se não tivesse o agronegócio?”, questionou o presidente.


Romeo Bet ressaltou ainda que o CDA da Alfa é um centro tecnológico, onde o associado tem a oportunidade de ver o que tem de mais avançado em tecnologia. “Nós estamos sempre preocupados com a parte social, pois essa é a razão de termos uma cooperativa”, enfatizou.

Altair disse ser contra a qualquer aumento de imposto que onere ainda mais o produtor

O deputado estadual eleito, Altair Silva, que representa o setor agrícola, participou da abertura e destacou que os resultados de um trabalho integrado entre as cooperativas e os produtores gera emprego, produz riquezas e coloca Santa Catarina como referência para o mundo. “Tivemos um ano dificultoso na economia, mas o setor agrícola sempre vence os desafios e continua crescendo. Temos convicção que 2019 será um ano melhor em termos de produtividade e valores. Possuímos muitos desafios e vamos trabalhar para atender as principais demandas e resolver os gargalos que afetam o agronegócio, a começar pela logística e a automação do campo”, afirmou Silva.


O evento, que é organizado desde 1996 em Chapecó, permite a troca informações e é uma demonstração clara da importância do trabalho cooperativo e dos agricultores para o modelo de desenvolvimento do Oeste Catarinense. “Esse evento é uma grande oportunidade para o produtor ver novas tecnologias, aderir e depois aplicar na propriedade, mas para isso precisamos que seja investido em energia elétrica trifásica para garantir a automação do campo”, comentou Altair.



Quem visitar o Campo vai encontrar estandes com atrações em todas as atividades, como sementes, produção leiteira, suinocultura e avicultura. Além da exposição de máquinas e implementos. A comercialização de bovinos de corte, leite e ovinos também ganha espaço no CDA.


Conforme o coordenador do CDA, agrônomo e mestre em zootecnia, Alexandre Rogério Ramos, após um ano sem evento e com uma história de 22 edições anteriores sem interrupção, “voltamos com muita força na crença de fazermos o melhor possível para apresentar todas as novidades e alternativas de serviços, produtos, máquinas e equipamentos”. Ramos fala que a responsabilidade é grande, mas é gratificante, pois ao longo dos anos conseguimos “SENTIR” a importância do CDA para a evolução dos sistemas de produção e “esse é um papel importante da Cooperalfa”.

https://soundcloud.com/user-750435394/cda-alfa-2019


​Metodologia Diferenciada

​ O Campo Demonstrativo Alfa é realizado com base em uma metodologia ousada e direcionada para a aprendizagem. No período da manhã, os estandes são visitados por grupos de interesse, maximizando os resultados do expositor e suprindo as necessidades de informações do agropecuarista.


Confira a Programação

Dia 23 de janeiro, em Chapecó, às 15 horas, palestra do Zootecnista e consultor da Scot Consultoria, Rafael Ribeiro, em parceria com a Corteva, que tratará dos Cenários de Mercado para Grãos e Carnes.

Dia 24 de janeiro, às 15 horas, o CDA 2019 apresenta a palestra do renomado expositor, Dado Schneider, com o tema “O mundo mudou bem na minha vez”. Seus pinceis, com um doce humor, atuarão para melhorar o entendimento da comunicação entre gerações.

O Campo está aberto para visitação da comunidade e interessados com entrada gratuita.


O ano de 2018 para a Alfa

A Cooperalfa fechou o balanço de 2018 com uma receita bruta de R$ 3,3 bilhões, mais de 20,1 mil famílias associadas, 3.230 funcionários e uma atuação em quatro estados, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná.

Abertura do evento aconteceu nesta terça-feira (22)

0 comentário