Dia de Campo da Escola La Salle movimenta o setor agrícola

Programação aconteceu na última sexta-feira (23)



A Escola Agrícola La Salle de Xanxerê juntamente com os seus alunos do terceiro ano do curso técnico de agropecuária realizam na última semana o XII Fórum de Aperfeiçoamento Agropecuário e o Dia de Campo. O evento foi aberto ao público e contou principalmente com a participação de pais, produtores rurais, empresas e autoridades ligadas ao setor agrícola.

Acompanhe o vídeo produzido durante o evento

A programação iniciou na quarta-feira (21) com palestras para os alunos, que abordaram temas sobre a realidade do meio rural. O Fórum encerrou na sexta-feira (23) com o Dia de Campo. Pequenos minicursos ministrados por convidados e alunos demonstraram e averiguaram na prática o resultado de pesquisas e projetos ligados à agricultura.


O técnico agrícola e deputado estadual eleito Altair Silva participou do evento e destacou que “a extensão rural na prática é a melhor forma de ver o que os alunos e a escola desenvolve. Os colégios agrícolas têm uma missão de formar empreendedores rurais e essa é uma grande oportunidade para que eles aprendam e atinjam a maturidade profissional”.


Altair também parabenizou a iniciativa do colégio. “O que estamos vendo aqui são jovens prontos para sair no mercado de trabalho e seguir também na vida acadêmica. Todos saem daqui com uma profissão, são Técnicos em Agropecuária. Isso mostra a preocupação do La Salle com a formação desses jovens e com a integração junto com o setor produtivo”, ressaltou Silva.


O Fórum acontece há 12 anos, sempre aumentando o número de participantes e diversificando os trabalhos, conforme avalia o diretor e professor Gerson Batistella. “Neste ano foram mais de 250 pessoas presentes que acompanharam a apresentação dos resultados dos projetos de pesquisa que os alunos desenvolveram no curso. Obrigado a todos e parabéns aos alunos que se desafiaram e organizaram o evento”, parabenizou Batistella.


O aluno do terceiro ano, Vanderson Alba, explicou como foi a organização. “O grupo foi divido em duas partes, uma direcionada para fazer os estudos e realizar os trabalhos para apresentação nos minicursos, a parte excedente, ficou responsável pela organização da estrutura e o cronograma de execução, sempre atento também a adversidade como questões climáticas e de horário”, comentou Alba.


Como forma de inscrição foi arrecadado um quilo de alimento não perecível, estes que serão doados para entidades beneficentes de Xanxerê.


A Escola


A Escola Agrícola La Salle é voltada para o público masculino e trabalha com uma média de 250 alunos por ano. Mas a intenção é que nos próximos anos os estudos também sejam voltados para as mulheres.



0 comentário