Morosidade do IMA: “Quem quer empreender e gerar riquezas no Estado não pode esperar”, afirma Altair


Empresários rurais e urbanos do Grande Oeste Catarinense, reunidos em audiência pública da Comissão de Turismo e Meio Ambiente, da Alesc, realizada no auditório da prefeitura de Chapecó nesta segunda-feira (2), cobraram do Instituto do Meio Ambiente (IMA) rapidez na concessão de licenças ambientais. A discussão foi proposta pelo deputado Altair Silva.



A audiência foi importante para esclarecer a real situação do problema. “Apresentamos, discutimos, e produzimos encaminhamentos positivos, principalmente para acelerar a emissão dos licenciamentos através das autodeclarações, e propomos permitir que as renovações das licenças da suinocultura também aconteçam dessa forma. Precisamos agilizar as coisas, porque quem quer empreender e gerar riquezas em Santa Catarina não pode esperar”, comentou Altair.