Audiência Pública quer resolver impasse entre setor produtivo e o IMA

Licenciamento ambiental é moroso no Estado



A dificuldade em emitir uma licença ambiental junto ao Instituto do Meio Ambiente (IMA) é reclamação corrente de empresários e agricultores, especialmente no Oeste Catarinense. Com o intuito de discutir a situação, apresentar a realidade vivida e buscar uma solução para o caso, o deputado estadual Altair Silva propôs uma audiência pública.


“Durante os roteiros pelo Grande Oeste e em conversa com as lideranças na ALESC recebemos reclamações dessa situação. Todos têm o desejo de ampliar, investir e ficam impedidos pelos licenciamentos ambientais que não saem. Não podemos aceitar mais oneração para quem quer trabalhar e está produzindo muito para Santa Catarina”, cobrou Altair.


O evento será realizado em Chapecó, no Auditório da Prefeitura Municipal, às 14h. “Queremos encontrar alternativas para que as licenças ambientais sejam expedidas com mais agilidade. Várias proposições serão apresentadas e esperamos sair com um encaminhamento que permita criar uma nova política para emissão dessas licenças”, comentou Altair.


O tema é polêmico e incomoda a população oestina. Na região, existem casos que foram judicializados e produtores que estão inadimplentes junto as instituições financeiras por questões de produtividade. Eduardo Vieira, empresário de Santa Helena, afirma que segue com as mãos amarradas por um órgão público, que impede de crescer, investir enquanto empreendedor e gerar empregos. “Estamos deixando de gerar 25% a mais de empregos do que temos atualmente”, lamentou.